Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Só que não

Estamos começados mas não acabados. No fim, no regresso a nós, que consigamos, serenamente, dizer: «Ousei viver!». Sou feita de sentir e o que não me cabe no peito, transpiro-o nas palavras. Sou mulher e sou feliz.

26
Abr17

...

By, JUX

Diz-me. Diz-me que não estou louca. Diz-me que as noites, um dia, voltam a durar até de madrugada. Que ficarei acordada só para saber como é o teu sorriso pela alvorada. Diz-me que sim. Que as noites voltarão a ser feitas para pecar. Sem culpa, sem mágoa, sem pecado. Porque o que é feito de amor, não precisa de ser perdoado. Diz-me. Diz-me que o melhor ainda está para vir. Que o que, agora, não faz sentido, será o que, amanhã, nos fará sorrir. Diz-me que não estou louca. Diz-me que esta urgência que tenho em amar[te], um dia, se acalma. Diz-me que isto não é loucura. Loucura é não amar[te]. Loucura é não [me] tirares este sossego da alma.

loucura 26.04.2017.jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D